WhatsApp Pay já pode operar oficialmente na Índia

O WhatsApp Pay foi autorizado a funcionar de forma oficial na Índia, onde a ferramenta de pagamentos online estava em testes desde 2018, com um número limitado de usuários. A liberação foi concedida pela National Payments Corporation of India (NPCI), órgão que regulamenta este tipo de transação no país, na última quinta-feira (6), mas com algumas restrições.

De acordo com o site Business Standard, o serviço de pagamentos pelo WhatsApp será implantado de forma gradual por lá, neste primeiro momento, uma vez que o aplicativo de mensagens ainda não se adequou totalmente às normas de localização de dados do país.

Nesta nova fase de implementação da ferramenta, o app que atualmente pertence ao Facebook foi autorizado a atender 10 milhões de pessoas. E caso cumpra todos os requisitos exigidos pelo governo local, poderá passar a funcionar de maneira completa e definitiva, atendendo a toda a base de usuários do mensageiro por lá.

Com a autorização para a implementação completa, os pagamentos pelo app de mensagens estariam disponíveis para mais de 400 milhões de pessoas, número de usuários do WhatsApp na Índia, conforme os dados divulgados no segundo semestre de 2019, chegando para competir com serviços como o Google Pay e o PayTM, entre outros.

Chegada ao Brasil

Recentemente, Mark Zuckerberg anunciou os planos da companhia de expandir o WhatsApp Pay para outros países nos quais o app é bastante popular, mencionando o Brasil, o México e a Indonésia, além de algumas nações europeias.

Mas para ser lançado em outros locais, o serviço também precisa ser regulamentado pelas autoridades de cada país em que for disponibilizado, assim como vem acontecendo na Índia.

A ferramenta permite enviar e receber dinheiro com os seus contatos por meio do aplicativo, com muita facilidade e rapidez, e também efetuar pagamentos para empresas que aderiram ao WhatsApp Business.

Fonte: TecMundo